Siga-me

Instagram

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Tutorial e História: Crazy Quilt - Técnica Roseta Aleatória

Hoje o dia amanheceu nebuloso, frio e no meio da manhã caiu uma garoa lenta e gostosa e foi assim que comecei o meu dia de costuras, sem um projeto em mente... Ontem havia começado a colocar o atelier em ordem e hoje conforme fui terminando, fiquei inquieta com a quantidade de retalhos pequenos que tenho e como estão ocupando espaço.

Partindo desse ponto resolvi que estava na hora de dar nova vida a eles e olha que lindos os meus blocos em "Crazy Quilt" .

O termo 'crazy quilt' foi dado por sua costura ser feita de forma livre, quebrada, selvagem. E ele  surgiu no final dos anos de 1800, apesar de ter no nome a palavra 'quilt' ele não é considerado um quilt propriamente dito, pois não era usado nele a manta como recheio, sendo usado mais como adorno em painéis e bandôs, quando lançado e até hoje é muito utilizado junto com bordados e pedrarias. Outra característica dessa técnica era o uso de vários tipos de tecido misturados, lãzinhas, veludos, algodão, sedas...

O 'crazy quilt'  já teve seus momentos de glória e seus momentos de serem rebaixados como um trabalho vulgar. Pois no inicio as mulheres que trabalhavam nesses 'crazys' eram mulheres abastadas e com tempo livre para cortar, costurar e bordar e usavam sedas e tecidos nobres. Com o tempo mulheres da classe trabalhadora também pegaram amor por essa técnica e além de usarem tecidos menos nobres, usavam também retalhos de peças de roupas usadas ou compravam restos de sedas que eram descartadas das fábricas.

Mas no inicio do século XX eles começaram a ter releituras e foi se modernizado e o gosto por ele foi sendo retomado.

O 'crazy moderno' ganhou formas e releituras em tecidos, no livro '130 blocos de Patchwork' de Susan Briscoe ela enumera e ensina 13 técnicas para trabalhar (Fatias Aleatórias, Fatia com Tiras, Crisscross, Crisscross com Tiras, Montanhas Maravilhosas, Fatias em Camadas, Listras e Fatias, Nuvens e Montanhas, Nine Patch Aleatório, Quadrado Aleatório, Quadrado Giratório, Tiras Triangulares, Roseta Aleatória).

Se pensarmos no fato de cada forma ter um nome para defini-los, penso que hoje não são tão 'crazys' assim, pois deixaram o livre de outrora para algo mais pensado na forma e combinação.

Mas algo permanece igual, o fato de que mesmo que vc se baseie em alguma técnica própria como a que eu usei nesses blocos que finalizei hoje, podemos ser livres e não nos preocupar tanto se a estampa ou a cor vai combinar com a seguinte, podemos deixar a imaginação correr solta e misturar, pois é essa mistura que vai dar um ar de autenticidade própria ao seu trabalho.. 

Dito isso e contando que você se interessou em também dar vida nova aos seus retalhinhos que estão ali guardados em uma caixa ou sacolinha tristes de dar dó, vou passar um rápido passo a passo de como eu fiz os meus e estou montando outros mais.. 

Vem comigo..... 

Como o friozinho está gostoso, vou preparar um chimarrão pra essa proza ficar das boas......

Eu montei meus 'crazy' usando a técnica 'Roseta Aleatória'. Comece com uma base de entretela e alfinete a primeira peça no centro virada pelo lado direito, tenha em mente o tamanho final desse bloco.
 Sobreponha outra peça na diagonal da primeira, costure e vire  deixando o direito pra cima.....
 E repita esse processo em toda a volta.
 Eu gosto de usar pedaços com cortes irregulares.
 Pedaços em tiras.
 Quanto mais colorido, mais vivo esse bloco fica.
O que eu gosto dessa técnica é que mesmo eu começando todos da mesma forma um fica muito diferente do outro.. 
Já cortei mais 10 bases para montar outros blocos e no final eu volto pra mostrar a finalização desse projeto, inicialmente eu ia montar tapetes e por isso a base do meu 'crazy' ao invés de entretela eu usei TNT, mas uma amiga já disse que eles estão muito lindos pra colocar no chão.. e por causa disso eu sigo sem tapetes de patchwork na minha casa, o povo não deixa eu colocar no chão.. haha

E aí se animou em montar um pra chamar de seu, faz e volta aqui pra me dizer como ficou ...

Leia mais sobre "Crazy Quilt" no blog Women Folk, no blog Omelete de Amoras , esses dois blogs foram umas das minha fontes de pesquisa, recomendo leitura.

Comentários
3 Comentários

3 comentários :

  1. Guria que lindos!! Bem bacana conhecer um pouco mais da história! Tu sabe que essa técnica eu não conhecia, via os trabalhos, mas esta montagem é genial, ameiiiiiiii!

    ResponderExcluir
  2. Que lindos!!!
    Adoro esta técnica, acho uma boa maneira de aproveitar sobras de tecidos!!!
    Parabéns!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Aaaaah, q lindoooo! Faz horas q guardo ideias de crazy quilt e tenho vontade de fazer,... E eu nem sabia dessa história, então agora, deu ainda mais vontade!!!!!! Abs.

    ResponderExcluir

Cadastrem seus e-mails nas suas contas Google ou deixem no comentário, para o caso de necessitar resposta dessa matéria.

ShareThis