Siga-me

Instagram

quarta-feira, 16 de março de 2016

Sua Arte é Hobby ou Fonte de Renda?

(Este post foi escrito em março de 2014, mas acredite continua atual e poderá elucidar suas dúvidas sobre custos)

Olá meus amores e amorinhas...


Quero começar a semana com uma reflexão muito importante sobre nosso trabalho artesanal, fora a galerinha que faz artesanato como hobby ou terapia , espero poder ajudar e trazer uma luz para quem faz de sua arte uma fonte de renda.

Eu até o ano passado não ligava muito pra custos de matéria prima ou tempo de trabalho, porque o artesanato era apenas um hobby   que me dava apenas prazer em confeccionar. Hoje além disso ele está virando minha fonte de renda, e a partir desse momento tenho que tomar algumas precauções para não sair no prejuízo. Tenho de pensar no custo fixo, no custo variável, em margem de lucro, em tempo de confecção de cada peça. Cada detalhe é importante para no fim do mês você saber se está ganhando ou perdendo dinheiro, se compensa por exemplo largar seu emprego e se aventurar nas costuras ou em outra arte que você queira fazer.

Porque esse post agora? Na semana passada recebi um link de uma amiga sobre uma matéria muito interessante com o seguinte titulo Como cobrar o preço certo? ( o título tá linkando no post original) e lógico fui dar uma olhada e resolvi calcular conforme estava proposto na matéria e levei um susto, porque descobri que meu dia de trabalho custa R$44,50, isso quer dizer que para eu confeccionar uma peça por dia só o custo de mão de obra é de R$ 44,50 fora os custos de matéria prima. Pensando nesse valor eu tenho de vender mais de R$ 1300,00 por mês para conseguir pagar minhas despesas fixas e conseguir um pro labore de pelo menos um salário minimo.

Por exemplo: imagine uma encomenda em que você   leve uns 3 dias para ser finalizada, nesse caso sua mão de obra é de 3x (custo fixo) +custo variável (matéria prima usado)
Mas se o seu cliente der a matéria prima, nesse caso você só vai cobrar o tempo de trabalho, você calcula quanto tempo confeccionaria a peça seja em dias ou em horas e cobra apenas a mão de obra. 
Para calcular as horas de trabalho, você deve dividir o custo fixo pela quantidade de horas que trabalha por dia, o valor que der é seu custo/hora.

Preocupada com o assunto, resolvi investir na minha tarde de domingo e nessa manhã de segunda-feira para tirar as anotações do meu caderninho e montar uma planilha com um fluxo de caixa do que vendi e do que comprei desde janeiro. E pra meu alivio e surpresa, até que não fiz tanta besteira , com os dados em mãos posso ver onde estou errando e onde estou acertando e onde devo corrigir, e se você está no mesmo barco que eu fazendo de sua arte fonte de renda, te aconselho a colocar tudo na ponta do lápis.

Meu marido já disse que devo contar meu estoque e manter controlado para não comprar sem necessidade e deixar faltar o que é necessário e é isso mesmo que vou fazer, vou investir um tempo pra começar a me organizar da forma correta.

Outra coisa que observei é que tenho de conseguir confeccionar no minimo 2 peças pequenas por dia, porque se quero vender, tenho de ter peças para vender, já percebi que no mês que consegui ter peças prontas eu vendi mais do que no mês que aguardei as encomendas, então minha dica, veja qual é o seu produto 'carro chefe', sabe aquele que as pessoas mais gostam e procuram, mantenha sempre alguns prontos e monte novidades no meio do tempo.. 


Confira aqui todas as dicas passadas pela Andreia Fernandes do blog Mamma Mia Handmade e faça suas contas.

Para saber aonde você quer ir, você tem de saber em que pé está.

Quero saber:
O que você tem feito para controlar seus custos?

Quanto tempo investe para marcar todas suas entradas e saídas de caixa?
Tem sobrado uma 'graninha' pra você no fim do mês ou está só investindo?

Fonte: Google
Comentários
6 Comentários

6 comentários :

  1. Oi, querida...
    Adorei o seu post, porque muitas vezes nos esquecemos do preço do nosso trabalho por pensarmos que a peça fica cara.
    Mas, temos que pensar que temos contas para pagar e temos que dar mais valor ao nosso saber fazer.
    Bjs grande de Portugal

    decorarereciclar.blogspot.pt
    Sara Diog

    ResponderExcluir
  2. Olá Mara!!
    Ótima matéria!
    Tenho um caderno de anotações. E outro dia fiz uma revisão de material que tenho em casa(Um balanço no estoque kkk) Vi que tenho algumas coisinhas que não preciso repor tão cedo, e o que tenho feito e procurar resistir de comprar tecidos novos.
    Beijocas e uma semana proveitosa.

    ResponderExcluir
  3. Linda do meu core!!! Eu sou bem desorganizada nesse ponto, meu marido é que pega no meu pé!Rs. Porém, já tentei fazer do artesanato minha renda...me estrepei...kkkk. Estive me desfazendo de tudo....me arrependi....e agora, volto a investir no meu negócio como renda!!!E vou levar bem a sério, e as suas dicas vieram a calhar!!!!Bjão!!! Sou sua fã nº 1 !!

    ResponderExcluir
  4. Já vendi muito e ganhei uma graninha boa.
    Mas agora faço por Hobby e quero voltar a vender ............
    Preciso fazer o contabilidade rsrsr
    Valeu seu post.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Hello amorinha, gostei desse post baseado em economia , bem elucidativo...no meu caso faço artesanato apenas para passar o tempo, diminuir meu stress ou aumetar (peças que não dão certo) enfim tenho apenas prejuízos, pois coompro materiais que nem sempre uso todo e a cada novo projetinho sempre tenho que comprar algo para complementar. Realmente é um caso qe tem-se que cuidar pois para quem tem artesanato como fonte de renda tudo deve ser levado em conta, inclusive energia, água.......
    bj e boa semna

    ResponderExcluir
  6. Olá! Mara...

    Amei a dica, na verdade nunca parei para pensar nisso...
    Como a costura é um passatempo, as vezes nem me dou conta do que tenho...
    Exemplo o desafio #vidaNovaPatch, se não fosse por ele com certeza na próxima limpeza os retalhinhos iam todos embora... bem vivendo e aprendendo...

    Bjkas

    ResponderExcluir

Cadastrem seus e-mails nas suas contas Google ou deixem no comentário, para o caso de necessitar resposta dessa matéria.

ShareThis